muitas vezes, em nossa vida, é fácil passar por cima de algo muito importante, porque parece insignificante. Se há algo que pode aceder facilmente na sua vida, e pode dar-lhe a maior felicidade do mundo, mas ignora, porque todas as pesssoas fazem o mesmo? Se mil pessoas ignorarem alguém que declara a verdade, influenciam as próximas mil a fazerem o mesmo. Esta é a pressão do grupo. E se prestar atenção a esse alguém, o que acontece se poder guiá-lo a um profundo cumprimento?

Pensar como um indivíduo é uma das coisas mais difíceis na vida. As pressões sociais e familiares, para seguir a massa, são imensas. Então, às vezes, quando coisas aparantemente ruins nos acontecem e nos isolam, podem realmente ser um presente de Deus do destino. Isto é o que aconteceu comigo. Estava jogando futebol com uma bolsa de estudos. De repente, fiquei gravemente ferido. Isso me colocou em extremo isolamento e solidão, longe de todos os meus “amigos”. Levou-me a avaliar os meus objetivos, valores, identidade e propósito.

Ao mesmo tempo, alguém me deu o Novo Testamento. Por medo de ser ridicularizado, comecei, secretamente, a ler o Evangelho de João. Naquele momento, os meus olhos caíram sobre três palavras escritas em João 3, e falada por Jesus. Jesus diz: “… se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” Estava claro para mim que este não era um termo evangélico, “oração do pecador” ou um ritual realizado como um bebê. Jesus disse isto, e Ele é Deus (João 14: 9-10: 30).

O meu primeiro pensamento foi que Jesus estava dizendo uma coisa específica, que tinha de ser feita em mim por Deus, para que eu vá para o céu. O meu segundo pensamento foi; como é que isto acontece e o que realmente significa? O que é o Espírito (Jo.4:24)? Jesus explica que o Espírito é como O VENTO (Jo.3:8). Isto é, o que faz tudo isso ser lindo, maravilhoso e aventuroso em lugar de ser chato, forçado ou superficial (Atos1:17/08: 24).

Jesus foi a primeira pessoa a definir “o mundo” como mal (Jo.1:10,7:7,15:19,18:36/Mc.8:36). Então comecei a questionar este mundo. Deus disse que pertence ao maligno (Lc.4:6/Jo.12: 31/1Jn.5:19). O que isto significa na prática para a minha vida? O que torna uma coisa muito importante é quem é a pessoa que diz isso e ao que se refere? Quando eu li a vida de Jesus, ficou claro que Ele provou ter a autoridade final sobre tudo (Mt.7:29,28:18). Cada palavra e ação era diretamente de Deus (Jn.8:28,12:49). A Sua personagem inspira adoração (Mt.14:33,21: 9). Ele não temia ninguém. Nem mesmo os soldados bestiais ou funcionários corruptos. Claramente Ele foi impulsionado pela coragem e uma visão e uma missão bem definida.

entre no vento2
Ao longo de um período de vários meses, comecei a contemplar seriamente o propósito e significado de Jesus. A coisa que mais me chamou atenção foi que ele disse que a relevância das suas palavras, vida, morte e ressurreição não eram apenas para aqueles que viveram no seu tempo. As Suas palavras, em vez disso revelaram TUDO sobre TUDO para TODOS, em TODOS tempos. Esta constatação me levou à crucial importância de que Jesus disse que eu devo de ser “nascido do alto”. Obviamente, isto é algo espiritual. Então, comecei a esperar, perguntar e falar com Jesus sobre o nascer de novo (Mt.11:28).

As Escrituras explicam que o nosso primeiro nascimento foi na humanidade do pecado. Tudo o que fazemos é impulsionado pelo egoísmo. Nada do que fazemos nunca pode agradar a Deus (Rm.3:10/Jer.17:9). Você e eu temos uma terrível necessidade de redenção.

O pecado não é algo que fazemos ou não fazemos. Não podemos corrigir os nossos pecados e erros de forma a definir o que podemos fazer e, em seguida, fazer o que dizemos que é “bom”. Uma pessoa não tem o poder de mudar a si mesma. Ele pode agir moralmente, mas as raízes de orgulho e rebelião são as mesmas. Ir a uma “igreja” e aprender sobre Jesus não muda a essência do nosso ser (Jo.4:24, Atos.17:24, Rm.3: 20, Gl.2:16, 5:4).

Esta é a razão pela qual Jesus disse que devemos nascer outra vez. Foi primeiro Adão, que havia corrompido a raça humana, porque ele virou as costas para o seu Criador. O seu pecado é transmitido para nós em nossos corpos, no nosso mesmo sangue. Agora, Cristo tornou-se o segundo Adão (1Co.15:45). Jesus, em certo sentido, terminou com o destino da raça humana, deixando o Seu Pai executar a Sua ira santa contra a natureza pecaminosa que Jesus levou sobre Si mesmo na cruz (2Co.5: 21/1Ped.2:24). Ele tinha no Seu corpo, o nosso sangue pecaminoso com o Seu sangue perfeito. Através da Sua ressurreição, Jesus trocou com o Pai o Seu sangue pelo nosso sangue. Ele tornou-se o Mediador que forneceu a expiação dos pecados entre o homem e Deus (1Tim.2:5,Rm.5, Heb.9:12). Ao ressuscitar, Jesus criou uma nova vida, em que temos de nascer de novo (1Pd.1: 3,23). Neste momento você não entende tudo, isto leva tempo e esforço do seu coração.

Para mim, tudo culminou quando estava sentado no estádio de futebol na Universidade de Notre Dame. Eu decidi dar à minha vida para seguir a Jesus, não importava o quê. Não queria ter nenhum remorso no final da minha vida. Não houve nenhuma mudança física naquele momento, mas nasci por uma nova natureza espiritual. E quando eu nasci de novo, eu nasci… outra vez. Tornei-me numa nova criatura, não um ser humano melhor (2Co.5:17/Rm.6). Ninguém pode entender isto com o raciocínio humano. Ele requer a fé. A fé é a linguagem de Deus. É o meio para relacionar-se com Ele e como Deus se manifesta a um homem (Heb.11:6).

Então, o meu amigo, alguém está de pé na sua frente, vai ignorá-lo, porque todos o fizeram? Ele está a chama-lo. Ele quer salvá-lo de si mesmo e de um futuro trilhando o caminho da morte que acaba no inferno, que é a santa justiça de um Deus Santo (Mt.7:13/Lc.12:5,21:8). Existem muitas religiões, mas nenhuma pode oferecer a salvação (1Co.15:50). Se quer ir para o céu, tem que ir a Jesus e pedir-lhe a Ele que você nasça de novo (2Co.5:17). Precisa da vida eterna, que começa aqui e agora (Jo.3: 36,17: 3/Mt.25:34).

Jesus é uma Pessoa viva. Comece a falar com Ele com as suas próprias palavras. Ele não quer o seu dinheiro ou a moralidade. Ele quer toda a sua vida (Mc.8:34-37). Não pergunte a outras pessoas, mas pergunte ao Pai (Mt.7:7). Estude o Novo Testamento. As escrituras contém a palavra ungida de Deus que pode revelar, através do Espírito Santo a si, sozinho, o Jesus vivo (Jo.14:26/Rm.8/1Jo.2:27). | Preocupo-me consigo, o meu email: [email protected]

Otros Escritos: